Diretriz: detalhamento acadêmico

Ano de publicação: 2015

OBJETIVO:

O objetivo deste documento é apresentar os conceitos e a descrição das etapas necessárias para orientar o planejamento e a execução de Detalhamento Acadêmico para prescritores. Esta diretriz apresenta uma visão geral sobre o serviço de Detalhamento Acadêmico. Visa garantir a qualidade dos serviços de Detalhamento Acadêmico prestados, por meio da apresentação de seus principais fundamentos, processos envolvidos, resultados esperados e de materiais e formulários necessários para a documentação e avaliação de desempenho das visitas.

INTRODUÇÃO:

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 50% de todos os medicamentos são incorretamente prescritos, dispensados e vendidos; e mais de 50% dos pacientes os utilizam incorretamente. Em países em desenvolvimento, menos de 40% dos pacientes no setor público e menos de 30% no privado são tratados de acordo com diretrizes clínicas. O oposto dessa situação é o uso racional de medicamentos (URM), incluindo o uso de medicamentos com qualidade, que a Organização Mundial de Saúde define como "à necessidade de o paciente receber o medicamento apropriado, na dose correta, por adequado período de tempo, a baixo custo para ele e a comunidade". É sabido que o uso excessivo e inadequado de medicamentos pode aumentar as taxas de reações e eventos adversos a medicamentos. Uma revisão sistemática encontrou uma porcentagem média de 3,7% de internações preveníveis em um hospital, sendo todas relacionadas com o uso de medicamento e com aproximadamente um terço decorrente de prescrição inadequada. Para a prescrição com qualidade, os prescritores necessitam de informações atualizadas e de fontes confiáveis acerca da efetividade comparativa, segurança e custos dos tratamentos disponíveis. A obtenção destas informações a partir da pesquisa de literatura pode ser um processo demorado e não aplicável ao contexto de trabalho da grande maioria dos prescritores. Devido a limitações como restrição de tempo, dificuldades com idiomas e demandas diversas que consomem tempo, os prescritores muitas vezes tendem a utilizar fontes mais convenientes de informação, tais como as apresentadas pelos representantes de indústrias farmacêuticas.

DETALHAMENTO ACADÊMICO:

O Detalhamento Acadêmico é uma visita educativa cuja realização envolve a interação face a face entre dois profissionais. Utiliza metodologias de mudança de comportamento para fornecer educação e informação de forma objetiva, uma abordagem baseada em serviços (ao invés de um foco em vendas), que pode ser diretamente relacionada às situações clínicas vivenciadas por um profissional de saúde. O Detalhamento Acadêmico é realizado por universidades ou instituições sem fins lucrativos, no qual os visitadores e sua equipe não possuem relação financeira com a indústria farmacêutica, e visa minimizar a lacuna existente entre a melhor ciência disponível e a prescrição na prática real. Este método se refere a uma visita face a face com o objetivo de melhorar o cuidado ao usuário do sistema de saúde, selecionando as melhores evidências e diretrizes clínicas sobre o que deve ser feito para determinada situação clínica e apresentadas por um profissional de saúde, treinado para este fim, de uma forma utilizável para o prescritor.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Neste documento, buscou-se abordar de forma simples e prática as principais etapas necessárias para o planejamento e execução do Detalhamento Acadêmico. Esta diretriz não esgota o assunto, de forma que quem pretender realizar as visitas deverá aprofundar-se no conteúdo em leituras específicas. O foco deste documento foi a visitação de prescritores, porém existem outras modalidades de Detalhamento Acadêmico, dirigidas aos pacientes, à comunidade e a grupos de profissionais. Evidências publicadas também apontam a eficácia de outras estratégias de ensino continuado como os audits e feedbacks, que poderão ser utilizados de maneira complementar ao Detalhamento Acadêmico. Apesar de uma visita face a face ser preferível, contato telefônico ou por videoconferência são alternativas, especialmente quando na continuação de um programa de Detalhamento Acadêmico. O sucesso do Detalhamento Acadêmico depende de vários fatores, dentre os principais destacam-se a programação e o treinamento criteriosos que abordem um tema considerado relevante para a prática clínica. A atratividade das visitas e do material de suporte devem ser almejados e cuidadosamente planejados para garantir a confiança do prescritor no conteúdo disseminado e abordar as barreiras identificadas para a mudança de comportamento dos prescritores. Embora as principais evidências encontradas enfoquem no uso desta técnica para a disseminação de protocolos clínicos e verificação do cumprimento de suas recomendações, o Detalhamento Acadêmico também pode ser utilizado para rastrear os problemas, desafios e sugestões relatadas pelos prescritores. Neste caso, a percepção dos prescritores contribuiria para a atualização ou a elaboração de novos protocolos, possivelmente aumentando sua aceitabilidade e a taxa de cumprimento de suas recomendações.

Mais relacionados