Doxiciclina para tratamento da sífilis

Ano de publicação: 2015

CONTEXTO:

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível, causada pela bactéria Treponema Pallidum, infecciosa e sistêmica, a partir de sua manifestação. A OMS estima a ocorrência de 937.000 casos anuais de sífilis na população sexualmente ativa no Brasil. A penicilina é o tratamento de primeira escolha para a sífilis; entretando, alguns indivíduos apresentam reações alérgicas à penicilina e não podem utilizá-la. A doxiciclina, na forma farmacêutica comprimido e na concentração de 100mg, já é disponibilizada pelo SUS, para outra indicação terapêutica.

TRATAMENTO RECOMENDADO:

A primeira escolha para o tratamento da sífilis é a penicilina benzatina. No caso de pacientes com história comprovada de alergia à penicilina, o Ministério da Saúde recomenda dessensibilização desses pacientes ou tratamento com: eritromicina (na forma estearato ou estolato) 500 mg, via oral, de 6 em 6 horas, por 15 dias para sífilis recente e por 30 dias para sífilis tardia; ou com tetraciclina, na mesma dose; ou ainda doxiciclina 100mg, por via oral, de 12 em 12 horas, por 15 dias na sífilis recente e por 30 dias na sífilis tardia. A tetraciclina, a doxiciclina e o estolato de eritromicina são contraindicados na gestação.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

A doxiciclina é uma opção de tratamento para a sífilis em pacientes com alergia confirmada à penicilina. Na comparação de custos de tratamento da sífilis entre a doxiciclina 100mg e o estolato de eritromicina 500mg, o custo da doxiciclina foi 7,6 vezes inferior ao do estolato de eritromicina 500mg. Portanto, a escolha da doxiciclina, ao invés da eritromicina, geraria uma economia no orçamento do SUS.

DELIBERAÇÃO FINAL:

Os membros da CONITEC presentes na reunião do plenário do dia 02/04/2015 deliberaram, por unanimidade, recomendar a incorporação da doxiciclina 100mg, em comprimido, para tratamento da sífilis em pacientes com alergia confirmada à penicilina.

DECISÃO:

PORTARIA Nº 54, de 1 de outubro de 2015 - Torna pública a decisão de incorporar a doxiciclina 100mg comprimidos para tratamento de sífilis, conforme normas técnicas definidas pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.

Mais relacionados