Exclusão dos antirretrovirais (ARV) fosamprenavir (FPV) 700mg e didanosina entérica (ddI EC) 250mg e 400mg do arsenal terapêutico de antirretrovirais para tratamento do HIV/Aids

Ano de publicação: 2016

Contexto:

A solicitação da exclusão dos antirretrovirais fosamprenavir (FPV) 700mg e didanosina entérica (ddI EC) 250mg e 400mg do arsenal terapêutico de antirretrovirais para tratamento do HIV/aids baseia-se na substituição desses fármacos por outros com melhor eficácia e posologia, além de menor toxicidade e menos interações medicamentosas, tendo como foco disponibilizar melhores opções de tratamento para as pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA).

Recomendação da CONITEC:

Na reunião realizada no dia 30 de novembro de 2016, os membros presentes deliberaram por unanimidade recomendar a exclusão dos medicamentos antirretrovirais (ARV) na forma farmacêutica comprimido de fosamprevir (FPV) 700 mg, dianosina entérica ddI EC 250 mg e ddI EC 400 mg do arsenal terapêutico de antirretrovirais para o tratamento do HIV/aids.

Recomendação da CONITEC:

Na reunião realizada no dia 30 de novembro de 2016, os membros presentes deliberaram por unanimidade recomendar a exclusão dos medicamentos antirretrovirais (ARV) na forma farmacêutica comprimido de fosamprevir (FPV) 700 mg, dianosina entérica ddI EC 250 mg e ddI EC 400 mg do arsenal terapêutico de antirretrovirais para o tratamento do HIV/aids.

Decisão:

Excluir os medicamentos antirretrovirais (ARV) fosamprenavir (FPV) 700mg, didanosina entérica ddI EC 250mg e ddI EC 400mg do arsenal terapêutico de antirretrovirais para tratamentodo HIV/Aids, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS, dada pela Portaria SCTIE-MS nº 49 publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) nº 246, de 23 de dezembro de 2016.

Mais relacionados