Hidroxicloroquina e cloroquina para COVID-19: revisão sistemática rápida

Ano de publicação: 2020

CONTEXTO:

Com base em resultados de estudos preliminares, o uso off-label de hidroxicloroquina para Covid-19 tem sido observado na prática.

OBJETIVOS:

Identificar, avaliar sistematicamente e sumarizar as melhores evidências científicas disponíveis sobre a eficácia e a segurança da hidroxicloroquina e da cloroquina para Covid-19.

MÉTODOS:

Revisão sistemática rápida (rapid review methodology) com busca conduzida em 14 de maio.

RESULTADOS:

Após o processo de seleção, 119 estudos foram incluídos: três ensaios clínicos randomizados abertos, um ensaio clínico não randomizado, um coorte prospectivo, cinco coortes históricos e 109 estudos clínicos comparativos em andamento. Os dez estudos com dados publicados compararam hidroxicloroquina ou cloroquina com a terapia padrão em 4.483 adultos hospitalizados com Covid-19. Os estudos possuem limitações metodológicas sérias quando avaliados pela Tabela de Risco de Viés da Cochrane e pela ROBINS-I, o que reduz de modo importante a confiança em seus resultados. Não foi identificado benefício da hidroxicloroquina na negativação da carga viral, na necessidade de ventilação mecânica e na melhora do aspecto radiológico. Foi identificado algum benefício da hidroxicloroquina na redução do tempo até a melhora da febre e da tosse, mas não na probabilidade e no tempo até a melhora clínica global. Os efeitos da hidroxicloroquina no tempo de hospitalização e na mortalidade foram divergentes entre os estudos e foi identificado maior risco de qualquer evento adverso com o uso da hidroxicloroquina. As limitações inerentes ao delineamento e a qualidade metodológica dos estudos reduzem muito a confiança em todos os resultados encontrados.

CONCLUSÃO:

Esta revisão sistemática rápida incluiu dez estudos clínicos com diferentes delineamentos que avaliaram os efeitos da hidroxicloroquina ou da cloroquina para adultos hospitalizados com Covid-19. Devido à confiança muita baixa no conjunto final das evidências, a eficácia e a segurança da hidroxicloroquina e da cloroquina em pacientes com Covid-19 ainda são incertas.(AU)

Mais relacionados