COVID-19

Nesta seção você encontrará os informes de ATS produzidos pelas instituições membros da RedETSA em resposta à pandemia do COVID-19. Poderá encontrar mais recursos no site da OPAS.


Limitação de Responsabilidade

As informações, serviços, ferramentas e/ou opiniões compartilhadas e expressas na plataforma são de responsabilidade exclusiva das instituições que as produzem e não representam necessariamente o ponto de vista da OPAS/OMS.

A OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME não oferecem garantias nem respondem pela exatidão ou veracidade da informação, produtos, serviços e/ou ferramentas proporcionados. Os usuários devem utilizar esses produtos, serviços e/ou ferramentas por sua própria conta e risco. Em nenhum caso a OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME serão responsáveis por perdas e/ou danos, mesmo se estes pudessem ter sido advertidos e/ou prevenidos.

Termos e condições de uso

Resultados: 6

Avaliação das próteses endoluminais (“stents”) convencionais e farmacológicas no tratamento da doença arterial coronariana

INTRODUÇÃO: A Doença Arterial Coronariana (DAC) é resultante da oclusão ou do estreitamento das artérias coronarianas por aterosclerose. Comumente manifesta-se na sua forma crônica como angina do peito estável, e na forma aguda por meio de síndromes coronarianas. O tratamento destas condições ...

Stents farmacológicos e stents metálicos no tratamento da doença arterial coronariana

INTRODUÇÃO: Nas últimas décadas, tem sido observado no Brasil um aumento significativo do número de pacientes com doenças do aparelho circulatório. Dados do Sistema Nacional de Mortalidade (SIM) apontam as doenças do aparelho circulatório como causa de mortalidade em cerca de 32% dos registros. ...

Custo-efetividade de stents farmacológicos para tratamento de doença arterial coronariana

TECNOLOGIA: Stents Farmacológicos. INDICAÇÃO: Revascularização miocárdica de pacientes portadores de doença arterial coronariana. CARACTERIZAÇÃO DA TECNOLOGIA: Os stents farmacológicos fundamentam-se no princípio da administração local, utilizando o próprio stent como plataforma para carre...

Eficácia e segurança de stents farmacológicos para tratamento de doença arterial coronariana

TECNOLOGIA: Stents farmacológicos. INDICAÇÃO: Aumento do diâmetro luminal coronariano e redução de restenose de stent para tratamento de pacientes com doença arterial coronariana. CARACTERIZAÇÃO DA TECNOLOGIA: Estruturas tubulares metálicas, revestidas de um polímero e um agente antiprolifera...

Efetividade de stents farmacológicos para tratamento de doença arterial coronariana

TECNOLOGIA: Stents farmacológicos. INDICAÇÃO: Aumento do diâmetro luminal coronariano e redução de reestenose de stent para tratamento de pacientes com doença arterial coronariana. CARACTERIZAÇÃO DA TECNOLOGIA: Estruturas tubulares metálicas, revestidas de um polímero e um agente antiprolifer...

Stent farmacológico para o tratamento da doença arterial coronariana (DAC)

CONTEXTO: A Doença Arterial Coronariana (DAC) é em 90% dos casos, resultante da oclusão ou do estreitamento das artérias coronarianas. Os objetivos do tratamento da DAC são prevenir o Infarto agudo do miocárdio (IAM), reduzir a mortalidade, os sintomas e a ocorrência da isquemia miocárdica. Esses...