COVID-19

Nesta seção você encontrará os informes de ATS produzidos pelas instituições membros da RedETSA em resposta à pandemia do COVID-19. Poderá encontrar mais recursos no site da OPAS.


Limitação de Responsabilidade

As informações, serviços, ferramentas e/ou opiniões compartilhadas e expressas na plataforma são de responsabilidade exclusiva das instituições que as produzem e não representam necessariamente o ponto de vista da OPAS/OMS.

A OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME não oferecem garantias nem respondem pela exatidão ou veracidade da informação, produtos, serviços e/ou ferramentas proporcionados. Os usuários devem utilizar esses produtos, serviços e/ou ferramentas por sua própria conta e risco. Em nenhum caso a OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME serão responsáveis por perdas e/ou danos, mesmo se estes pudessem ter sido advertidos e/ou prevenidos.

Termos e condições de uso

Resultados: 8

Ocrelizumabe para o tratamento de formas recorrentes de esclerose múltipla

INTRODUÇÃO: A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune, crônica e debilitante que acomete a substância branca do Sistema Nervoso Central (SNC), causando desmielinização, inflamação e gliose. Afeta principalmente pessoas jovens, resultando em graves consequências para seus domínios fís...

Ocrelizumabe para tratamento da esclerose múltipla primariamente

INTRODUÇÃO: A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune, crônica e debilitante que acomete a substância branca do Sistema Nervoso Central (SNC), causando desmielinização, inflamação e gliose. Afeta principalmente pessoas jovens, resultando em grandes consequências para seus domínios fí...

Informe de evaluación científica en la evidencia disponible: esclerosis múltiple

INTRODUCCIÓN: Se considerarán para su evaluación aquellas solicitudes realizadas conforme al Reglamento que establece el proceso destinado a determinar los diagnósticos y tratamientos de alto costo con sistema de protección financiera, según lo establecido en los artículos 7° y 8° de la Ley N° ...

Ocrelizumabe para tratamento da esclerose múltipla primariamente

INTRODUÇÃO: A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune, crônica e debilitante que acomete a substância branca do Sistema Nervoso Central (SNC), causando desmielinização, inflamação e gliose. Afeta principalmente pessoas jovens, resultando em grandes consequências para seus domínios fí...

Ocrelizumabe para o tratamento deformas recorrentes de Esclerose Múltipla

INTRODUÇÃO: A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune, crônica e debilitante que acomete a substância branca do Sistema Nervoso Central (SNC), causando desmielinização, inflamação e gliose. Afeta principalmente pessoas jovens, resultando em graves consequências para seus domínios fís...

Eficácia, segurança e custo-efetividade do baclofeno oral e intratecal no tratamento da espasticidade na esclerose múltipla

TECNOLOGIA: Baclofeno oral, baclofeno via intratecal. INDICAÇÃO: Tratamento de espasmos na esclerose múltipla. CARACTERIZAÇÃO DA TECNOLOGIA: O baclofeno é um derivado do ácido gama-aminobutírico (GABA) e atua na inibição de estímulos nervosos na medula espinhal de modo a reduzir espasmos mu...

Eficácia e segurança da betainterferona 1a 30 mcg intramuscular no tratamento da Esclerose Múltipla

TECNOLOGIA: Betainterferona 1a 30 μg intramuscular uma vez por semana (βIFN-1a- 30µg-IM). INDICAÇÃO: Tratamento de pacientes com esclerose múltipla. CARACTERIZAÇÃO DA TECNOLOGIA: A betainterferona 1a 30 μg é uma citocina capaz de se ligar a receptores específicos na superfície da célula ...

Fingolimode no tratamento da esclerose múltipla remitente recorrente após falha terapêutica com betainterferona ou glatirâmer

A eslerose múltipla é uma doença inflamatória desmielinizante que comumente causa alterações visuais, fadiga, parestesias, disfunções fonoaudiólogicas, problemas de equilíbrio e coordenação. Estima-se acometer proximadamente 15/100.000 habitantes no Brasil. O tratamento segundo o protocolo cl...