COVID-19

Nesta seção você encontrará os informes de ATS produzidos pelas instituições membros da RedETSA em resposta à pandemia do COVID-19. Poderá encontrar mais recursos no site da OPAS.


Limitação de Responsabilidade

As informações, serviços, ferramentas e/ou opiniões compartilhadas e expressas na plataforma são de responsabilidade exclusiva das instituições que as produzem e não representam necessariamente o ponto de vista da OPAS/OMS.

A OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME não oferecem garantias nem respondem pela exatidão ou veracidade da informação, produtos, serviços e/ou ferramentas proporcionados. Os usuários devem utilizar esses produtos, serviços e/ou ferramentas por sua própria conta e risco. Em nenhum caso a OPAS/OMS e seu Centro Especializado BIREME serão responsáveis por perdas e/ou danos, mesmo se estes pudessem ter sido advertidos e/ou prevenidos.

Termos e condições de uso

Resultados: 149

Antirretroviral zidovudina para uso no tratamento de leucemia/linfoma de células T associado ao HTLV-1

INTRODUÇÃO: O HTLV é um retrovírus descoberto em 1981 que possui as mesmas vias de transmissão do HIV e apresenta prevalência variada mundialmente. No Brasil estudos com gestantes e doadores em bancos de sangue refletem uma baixa prevalência do HTLV, segundo própria classificação do vírus em t...

Cloridrato de cinacalcete e paricalcitol para pacientes com hiperparatireoidismo secundário (HPTS) à doença renal crônica

CONTEXTO: O hiperparatireoidismo secundário (HPTS) à doença crônica renal é caracterizado por elevados níveis séricos do paratormônio (PTH), hiperplasia das glândulas paratireóides e uma doença óssea de alto remanejamento. O nível de PTH considerado adequado está situado entre 150 a 300 pg/...

Everolimo, sirolimo e tacrolimo para imunossupressão em transplante cardíaco

CONTEXTO: Os transplantes de coração salvam mais de 250 vidas por ano, mas estão entre as trinta terapias mais dispendiosas acessíveis universalmente a toda população brasileira, reembolsadas pelo Sistema Único de Saúde do Brasil, SUS, e há crítica auto-limitação de órgãos disponíveis. Qua...

Hidroxocobalamina no tratamento de intoxicações por cianeto

CONTEXTO: A intoxicação por cianeto pode ser considerada uma intoxicação rara porém de extrema gravidade. A causa mais comum de exposição aguda ao cianeto é a inalação de fumaça em incêndios. Nos casos de intoxicação, além das medidas de suporte clínico, como suplementação de oxigênio,...

Apixabana, rivoraxabana e dabigratana em pacientes com fibrilação atrial não valvar

CONTEXTO: A fibrilação atrial (FA) é um preditor de acidente vascular e está presente em 0,4% da população geral e em 3% a 5% daqueles com mais de 65 anos. O tratamento anticoagulante disponível no SUS é a varfarina, capaz de reduzir em torno de 65% a 80% a incidência de acidentes vasculares cer...

Veruprevir, ritonavir, ombitasvir e dasabuvir para o tratamento de hepatite C crônica causada por infecção pelo genótipo 1 do HCV

Contexto: A hepatite C é uma doença sistêmica crônica caracterizada por processo inflamatório hepático crônico que se inicia alguns meses depois da infecção e, ao longo de décadas leva a dano celular contínuo, comprometimento do funcionamento hepático e a quadros clínicos de fibrose, cirrose...

Protocolo de uso marca-passos cardíacos implantáveis e ressincronizadores

O processo de elaboração do Protocolo de uso de marca-passos cardíacos implantáveis e ressincronizadores surgiu como parte do processo de construção de ações com vistas à reestruturação e ampliação da transparência quanto a avaliação e incorporação tecnológica de Órteses, Próteses e ...

CoaguChek no monitoramento do INR em pacientes recebendo tratamento com varfarina

A principal indicação apontada pela demandante para o uso do CoaguChek XS é em especial aos pacientes com Fibrilação Atrial (FA) crônica, cuja terapia anti-trombótica se estabeleceu como parte importante do tratamento. Pacientes de alto risco para fenômenos tromboembólicos, frequentemente, tamb...

Molgramostrim para o tratamento da anemia aplástica, mielodisplasia, neutropenias constitucionais, doença pelo HIV e transplante de medula ou pâncreas

O fármaco molgramostim é fator estimulador de colônias de granulócitos e macrófagos (GM-CSF), um importante fator de crescimento hematopoiético e modulador imunológico. Molgramostim também tem efeitos profundos sobre as atividades funcionais de vários leucócitos circulantes1. Seu uso resulta em...

Uso de imunossupressores (everolimo, sirolimo e tacrolimo) em transplantes pulmonares

Contexto: Os transplantes de pulmão salvaram mais de 378 vidas no SUS. Entretanto, os transplantes estão entre as trinta terapias mais dispendiosas acessíveis universalmente a toda população brasileira, reembolsadas pelo Sistema Único de Saúde do Brasil, SUS, e há crítica auto-limitação de ór...