Inibidores das janus associated kinases para COVID-19: revisão sistemática rápida

Año de publicación: 2020

CONTEXTO:

Revisão sistemática rápida desenvolvida pelo NATS do Hospital Sírio-Libanês, em colaboração com o NATS do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, durante a epidemia da COVID-19 no Brasil.

OBJETIVOS:

Identificar, avaliar sistematicamente e sumarizar as melhores evidências científicas disponíveis sobre a eficácia, efetividade e segurança dos inibidores das Janus Associated Kinases (JAKs) no tratamento e profilaxia da COVID-19.

MÉTODOS:

Revisão sistemática rápida (rapid review methodology). Foram realizadas buscas eletrônicas nas bases MEDLINE (via PubMed), Embase, Cochrane COVID-19 Study Register, WHO (base específica para COVID 19), Opengrey, medRXiv e bioRxiv, ClinicalTrials.gov em 28/04/2020. As referências encontradas foram triadas por dois avaliadores, de forma independente, em duas etapas.

RESULTADOS:

Após o processo de seleção, nove estudos clínicos em andamento foram incluídos. Estes estudos avaliam quatro tipos de inibidores das JAKs, envolvendo um total de 507 participantes. Não foram identificados estudos clínicos com resultados disponíveis no momento.

CONCLUSÃO:

Com base na ausência de evidências advindas de estudos clínicos, a eficácia e a segurança dos inibidores das JAKs em pacientes com COVID-19 são altamente incertas, o que impede a recomendação do seu uso de rotina na prática clínica.

Más Relacionados